Programa

15:00 - 18:00

Check-In

15:00 - 18:00

Check-In

18:00 - 19:00

Sessão de abertura

18:00 - 19:00

Sessão de abertura

20:00 - 21:00

Jantar

20:00 - 21:00

Jantar

21:00 - 02:00

Peddy Repúblicas + Tascas

Noite de Jogos de Tabuleiro

21:00 - 02:00

Peddy Repúblicas + Tascas

Noite de Jogos de Tabuleiro

10:00 - 11:00

Pequeno-Almoço

10:00 - 11:00

Pequeno-Almoço

11:00 - 13:00

Talks - Business

A-MI-ZA-DE

Wandson Lisboa

Digital Marketing

Filipe Carvalho - 10.digital

Brand Recognition

João Magalhães - Super. Brand Consultants

Branded Content: De A a Z

André Braz, Angie Silva - Bro Cinema

Talks - Light and Sound

Manipulação Digital de Som

Tiago Ângelo - Nova Orquestra Futurista do Porto

Audio Spotlight

Manuel Faria - Índigo

Holography

Pedro Pombo - Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro

Videomapping

Grandpa's Lab

11:00 - 13:00

Talks - Business

A-MI-ZA-DE

Wandson Lisboa

Digital Marketing

Filipe Carvalho - 10.digital

Brand Recognition

João Magalhães - Super. Brand Consultants

Branded Content: De A a Z

André Braz, Angie Silva - Bro Cinema

Talks - Light and Sound

Manipulação Digital de Som

Tiago Ângelo - Nova Orquestra Futurista do Porto

Audio Spotlight

Manuel Faria - Índigo

Holography

Pedro Pombo - Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro

Videomapping

Grandpa's Lab

13:00 - 14:00

Almoço

13:00 - 14:00

Almoço

13:45 - 14:45

Talks - Web Interface

Demystifying Accessibility

Rafaela Ferro - Deemaze Software

Information Visualization

Penousal Machado - CDV Lab

Talks - Hardware

Affective Robots

Paulo Menezes - DEEC/FCTUC

Drones: Produção de Media, Rentabilidade e Futuro

José Nunes - Sleeklab

13:45 - 14:45

Talks - Web Interface

Demystifying Accessibility

Rafaela Ferro - Deemaze Software

Information Visualization

Penousal Machado - CDV Lab

Talks - Hardware

Affective Robots

Paulo Menezes - DEEC/FCTUC

Drones: Produção de Media, Rentabilidade e Futuro

José Nunes - Sleeklab

14:45 - 16:45

Did New Media Kill the Traditional Media Star?

Conversa aberta — Wandson Lisboa, João Moreira, Joana Ascensão - V Digital

14:45 - 16:45

Did New Media Kill the Traditional Media Star?

Conversa aberta — Wandson Lisboa, João Moreira, Joana Ascensão - V Digital

16:45 - 17:15

Coffee Break

16:45 - 17:15

Coffee Break

17:15 - 17:45

Videogames Streaming: Business Model

Diogo da Silva - For The Win eSports Club

17:15 - 17:45

Videogames Streaming: Business Model

Diogo da Silva - For The Win eSports Club

18:00 - 19:00

Creativity, Art Direction and Processes

Tavo - Tavo Studio

18:00 - 19:00

Creativity, Art Direction and Processes

Tavo - Tavo Studio

20:00 - 21:00

Jantar

20:00 - 21:00

Jantar

21:00 - 02:00

Animação Noturna

21:00 - 02:00

Animação Noturna

10:00 - 11:00

Pequeno-Almoço

10:00 - 11:00

Pequeno-Almoço

11:00 - 11:30

O meu Caminho

Luisa Azevedo - hey.luisa

11:00 - 11:30

O meu Caminho

Luisa Azevedo - hey.luisa

11:30 - 13:00

Talks - Graphics and Interaction

Programming in Graphic Design

Luís Almeida - Doxia Studio

Impressão Offset

Carlos Marques - Gráfica Ideal de Águeda

Scripting Typography

Pedro Neves

Talks - Applied Multimedia

Spatial and Visual Reconstruction

Ricardo Cabral - THEIA

Game Design

Miguel Rafael - Peak Labs

O Ciberespaço Vivo

Henrique Jorge - ETER9

11:30 - 13:00

Talks - Graphics and Interaction

Programming in Graphic Design

Luís Almeida - Doxia Studio

Impressão Offset

Carlos Marques - Gráfica Ideal de Águeda

Scripting Typography

Pedro Neves

Talks - Applied Multimedia

Spatial and Visual Reconstruction

Ricardo Cabral - THEIA

Game Design

Miguel Rafael - Peak Labs

O Ciberespaço Vivo

Henrique Jorge - ETER9

13:00 - 14:00

Almoço

13:00 - 14:00

Almoço

13:45 - 15:30

Talks - Web Development

Como não destruir o mundo: ética no design!

Daniel Cardoso - Stratio

Company Culture and Creativity

Filipe Almeida - Significa

State of the Web 2019

João Dias - WIT Software

Talks - Miscellaneous

Mindful Design

Catarina Parente - Estúdio Chandra

Interactive Visualization

Ana Jorge - ESAD.Cr / IADE

Cinema em Ensino

Manuel José Damásio - Universidade Lusófona

13:45 - 15:30

Talks - Web Development

Como não destruir o mundo: ética no design!

Daniel Cardoso - Stratio

Company Culture and Creativity

Filipe Almeida - Significa

State of the Web 2019

João Dias - WIT Software

Talks - Miscellaneous

Mindful Design

Catarina Parente - Estúdio Chandra

Interactive Visualization

Ana Jorge - ESAD.Cr / IADE

Cinema em Ensino

Manuel José Damásio - Universidade Lusófona

15:30 - 16:45

Analog Multimedia

Silas Nout, Martin van der Molen - Studio Mals

15:30 - 16:45

Analog Multimedia

Silas Nout, Martin van der Molen - Studio Mals

16:45 - 17:00

Coffee Break

16:45 - 17:00

Coffee Break

17:00 - 18:00

Closing Session

17:00 - 18:00

Closing Session

18:00 - 19:00

Closing Keynote — Como dois porcos no espeto mudaram o THU

André Lourenço - THU

18:00 - 19:00

Closing Keynote — Como dois porcos no espeto mudaram o THU

André Lourenço - THU

20:00 - 21:00

Jantar

20:00 - 21:00

Jantar

21:00 - 02:00

Animação Noturna

21:00 - 02:00

Animação Noturna

10:00 - 13:00

Workshop

Videomapping

Grandpa's Lab

Workshop

Encontrar a Personalidade de Uma Marca

Francisco Baila - Subvisual

Workshop

Basil.js

Pedro Neves

10:00 - 13:00

Workshop

Videomapping

Grandpa's Lab

Workshop

Encontrar a Personalidade de Uma Marca

Francisco Baila - Subvisual

Workshop

Basil.js

Pedro Neves

13:00 - 14:00

Almoço

13:00 - 14:00

Almoço

13:45 - 16:45

Workshop

Color Correction

Adriano Esteves - Bürocratik

Workshop

Game Design Documents

Miguel Rafael - Peak Labs

Workshop

Da ideia à aplicação

Cláudia Acabado - Bloco

13:45 - 16:45

Workshop

Color Correction

Adriano Esteves - Bürocratik

Workshop

Game Design Documents

Miguel Rafael - Peak Labs

Workshop

Da ideia à aplicação

Cláudia Acabado - Bloco

16:45 - 17:00

Coffee Break

16:45 - 17:00

Coffee Break

17:00 - 19:00

Workshop

Marketing de Conteúdo para Vendas

João Fernandes - Fucking Amazing

Workshop

Programação e Distribuição de Produtos Cinematográficos e Audiovisuais

João Pais - Caminhos do Cinema Português

Workshop

Unity

Durval Pires - WIT Software

17:00 - 19:00

Workshop

Marketing de Conteúdo para Vendas

João Fernandes - Fucking Amazing

Workshop

Programação e Distribuição de Produtos Cinematográficos e Audiovisuais

João Pais - Caminhos do Cinema Português

Workshop

Unity

Durval Pires - WIT Software

Check-In

15:00 - 18:00

Sessão de abertura

18:00 - 19:00

Jantar

20:00 - 21:00

Peddy Repúblicas + Tascas

21:00 - 02:00

Detalhes

Para a primeira noite do ENEMM'19 preparámos ainda um Peddy Repúblicas e Peddy Tascas que te vai permitir conhecer algumas das Repúblicas e sítios mais emblemáticas da noite na cidade dos Estudantes!

Noite de Jogos de Tabuleiro

21:00 - 02:00

Detalhes

Na primeira noite do ENEMM'19 poderás participar na Noite de Jogos que preparámos, onde poderás inclusive saber mais sobre o jogo "A Aldeia Adormece" e aprender a jogar com o estúdio criador, Estaminé Studio.

Pequeno-Almoço

10:00 - 11:00

Audio Spotlight

11:00 - 13:00

Manuel Faria

Sobre o orador

Nasceu em 1957 e começou os estudos de piano com 6 anos. Frequentou o Liceu Pedro Nunes e o Instituto Superior Técnico em Engenharia Electrotécnica. Fundou o “Trovante”, onde foi pianista e produtor. Trabalhou com Sérgio Godinho, Mafalda Veiga, Entre Aspas, José Afonso, e Amália Rodrigues, entre outros. Em 1994 liderou a produção do disco de Homenagem a José Afonso “Filhos da Madrugada”.

Especializou-se em música e som para marketing, actividade à qual dedicou mais de 25 anos. Em 96, cria a sua própria produtora de som, a Índigo que recebeu até hoje e por 14 anos anos consecutivos, o troféu “Melhor Produtora de Som. Compôs a música do Pavilhão de Portugal da Expo’98 e para a Expo’00 em Hannover.

Em 1999 foi membro do Conselho Fiscal da SPA e em 2003 integrou a sua Direção. Em 2010 criou a arquitectura sonora para o Museu de Tecnologia de Bilbau. Criou as Sound Experiences que servem de demonstração dos novos formatos da Dolby™, 7.1 e DolbyT Atmos.

Recebeu vários prémios pelo seu trabalho, incluindo dois Leões de Ouro no Festival de Cannes e uma prata e bronze no London International Awards. É membro do Advisory Board de The Adventure Lab em Copenhaga, Dinamarca. Tem-se dedicado à investigação sonora e ao Audio Branding, sendo membro da Audio Branding Society. Criou o Blog The Sound Adventure.

Foi professor de Produção Musical na Escola Superior de Música de Lisboa e de Música para Imagem na World Academy em Lisboa. Foi orador em vários eventos como o Networkone Latin Summit em São Paulo, o Cannes Lions, o SAWA congress em Sydney, o Eurobest e o TEDx em Lisboa, o IndieSummit em Londres e o MAPIC em Cannes em 2018. Tem feito conferências em diversas escolas.

Sobre a sessão

O poder do som, o sua importância na percepção sensorial, a importância do Audio Branding e as inovações em torno do Audio: o Audio 3D binaural ou ambissonics e as colunas de alta frequência Audio Spotlight.

Saber Mais

A-MI-ZA-DE

11:00 - 13:00

Wandson Lisboa

Sobre o orador

Wandson Lisboa, designer gráfico residente no Porto, auto intitula-se “A Lenka da Cave do Markl” e é considerado um dos instagrammers mais criativos do mundo. Para além da nacionalidade, partilha uma bonita amizade com Anitta e utiliza o telemóvel para animar mais de 74 mil seguidores diariamente, com os posts mais coloridos e divertidos que alguma vez já vimos.

Sobre a sessão

O Wandson vem contar-nos um bocadinho da sua história, falar-nos sobre o seu processo de trabalho, as suas influências familiares e o papel do Instagram como grande impulsionador do amadurecimento gráfico e visual daquele que foi considerado um dos instagrams mais criativos do mundo. Mais tarde participará também num painel de discussão sobre o paradigma da comunicação em mudança e de contraste entre as formas tradicionais de media e os chamados "novos media".

Saber Mais

Videomapping

11:00 - 13:00

Grandpa's Lab

Sobre o estúdio

Fundado em 2013 na cidade do Porto, Portugal por Pedro de Castro (Design Multimedia), Rafael Pinto (Fotografia) e Tiago Pires (Cenografia e Direção de Arte), o Grandpa’s Lab é um estúdio visual dedicado à Criação de Instalações Sensoriais, Performances Video-Map- ping Imersivas e Stage Design Profissional.

O diferente percurso artístico de cada elemento, permitiu ao estúdio explorar novos veículos de expressão visual. Estas competências auxiliaram a implementação de um esquema de trabalho independente, incluindo a produção, direcção criativa, criação de conteúdos audiovisuais e direcção técnica. Desta forma garantem um maior rigor nos seus projectos.

Os primeiros projectos surgem em exposições colectivas, residências artísticas e alguns eventos de música eletrónica. Hoje em dia, contam com várias presenças internacionais e projectos de maior destaque como TFF Summit (Zurique e Amestardão), Video Mapping de Natal no Terreiro do Paço, ERA Tech Summit, BNP Paribas Winter Wonderland, Festival MIRA Barcelona entre outros.

Sobre a sessão

Nesta sessão será feita uma introdução histórica ao videomapping e será abordada a técnica do mesmo.

Saber Mais

Branded Content: De A a Z

11:00 - 13:00

André Braz, Angie Silva

Sobre os oradores

André Braz

Aventureiro de coração e curioso por natureza, André expõe suas emoções de forma pura e realista. Sua habilidade para encontrar histórias fascinantes e sua vocação para dirigir atores e pessoas reais traduz-se em um olhar peculiar, sensível e inovador. Licenciado em jornalismo e mestre em realização de cinema em Madrid, estudou escrita e teatro, o que lhe deu a versatilidade para trabalhar em vários temas e um olhar apurado para narrativas factuais, sociais e cinematográficas. André gosta de encarar desafios e se sente inspirado diante de projetos complexos, desde documentário com perseguições e armas sobre a guerrilha na selva amazónica até um TVC de grande escala. Mais recentemente, ele produziu e realizou uma campanha mundial para a Apple, inteiramente filmada em iPhone, numa ilha remota a 7 milhas da costa. Fez trabalhos para a Ikea, TAP, Vodafone, Sumol, Ritz Carlton, Pepsi, Visa, recolhendo prémios no Festival Lusófonos de Criatividade Publicitária.

Angie Silva

Os filmes enérgicos e lindamente coreografados do Angie estão intrinsecamente enraizados na sua formação musical. A sua dedicação aos projetos e o entusiasmo de ir além do esperado, traduzem-se em filmes muito peculiares e altamente conceptualizado, desde o tratamento até à entrega. Imbuído de uma visão singular e marcante, enquadramento rigoroso e cenários de iluminação diferenciados, o trabalho do Angie é metódico e inconfundível. Angie nasceu em Lisboa e foi criado no sul do país. Muito novo, fez o seu primeiro filme de terror "Mascarro", o qual ganhou o Prémio de Jovens Talentos do Cinema Português no Festival de Cinema de Évora. Na música, lançou dois álbuns em Portugal, Espanha e França como vocalista e compositor da banda Humble, seguindo-se de uma licenciatura em produção audiovisual e marketing. Mudouse então para Angola para dirigir "Profissões", uma série de televisão de duas temporadas produzida pela Batuque Filmes. Na publicidade, trabalhou para a Miss Dolores Films, produzindo conteúdos para marcas como a Opel, Adidas, TAP e Canon. Atualmente, colabora com a BRO em Lisboa e com a La Casa de la Madre em São Paulo, onde apresenta em seu portifólio filmes para L'Oréal, Sumol, TAP, Cofidis, Fidelidade, entre outras. Os seus filmes têm recebido prémios de ouro no Clube Criativos de Portugal e no Festival Lusófono de Criatividade em Publicidade.

Sobre a sessão

Branded Content: De A a Z

As histórias por detrás das histórias. A partir da exibição de dois cases práticos, um no mercado nacional (L´oréal) e outro internacional (APPLE), André Braz e Angie Silva, irão ajudar a desmistificar o processo de criação e execução de Branded Content. Os realizadores irão conduzir uma jornada frente ao universo desta nova narrativa publicitária, que tem como maior objetivo atrair a atenção do consumidor e promover um engajamento real por meio do conteúdo. Mais importante do que o foco no produto, Branded content surge como uma ferramenta capaz de gerar relacionamento a partir de conceitos, ideias e atitudes que expressam o universo da marca e criam ambiente mais fértil para identificação e diálogo.

Saber Mais

Digital Marketing

11:00 - 13:00

Filipe Carvalho

Sobre o orador

Filipe Carvalho é Digital Marketing Strategist na empresa 10.digital, uma agência de marketing digital. Trabalha diretamente com clientes como o Licor Beirão, a ROCA, a Bushmills e a Fruut, entre outros. Formado em Gestão na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra vive em Coimbra desde que nasceu.

Brand Recognition

11:00 - 13:00

João Magalhães

Sobre o orador

João é licenciado em Engenharia e Gestão Industrial na Universidade de Aveiro e detém um MBA da Porto Business School. No seu passado enquanto consultor, na área de estratégia, passou pela Deloitte e pela PBS. Mais tarde mudou o rumo da sua carreira para brand strategist. Actualmente dedica-se à definição de estratégia para marcas na Super. Brand Consultants, da qual é um dos fundadores. Dedica também algum do seu tempo a training programs.

Sobre a sessão

Brand Recognition será o tema abordado nesta sessão. Como é que é que uma marca deve construir um sistema de identidade, dinâmico e vivo, que lhe assegure que as pessoas a reconhecem? Sejam membros da sua comunidade de clientes, sejam do publico em geral. Irá sublinhar a importância da coerência e da consistência da comunicação da marca e, tão ou mais importante, do seu comportamento. A marca comunica através do nome, brand voice, logo, paleta cromática, tipografia, claims, copy, produto, etc. Todos os touchpoint devem comunicar a marca e contribuir para o brand recognition, mas acima de tudo devem ser uma manifestação da componente estratégica da marca que se traduz na sua promessa. As marcas necessitam de ser reconhecidas e principalmente ser associadas a um conjunto de ideias e emoções, que traduzam o seu lado transformativo.

Holography

11:00 - 13:00

Pedro Pombo

Sobre o orador

Pedro Pombo é Director da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro, docente no Departamento de Física da Universidade de Aveiro e especialista em Holografia, Comunicação de Ciência e Ensino da Física. Desenvolve investigação em técnicas holográficas, holografia educacional, compreensão pública da ciência, STEAM na educação em ciência e ensino experimental da física. Desenvolve exposições, centros de ciência, espaços Maker, materiais educativos, cursos de formação. Foi coordenador de 3 projetos europeus, 9 exposições, 29 projetos nacionais e é autor de 1 capítulo de livro, 3 manuais escolares, mais de 50 publicações em revistas nacionais e internacionais e recebeu 9 prémios europeus.

Manipulação Digital de Som

11:00 - 13:00

Tiago Ângelo

Sobre o orador

Tiago Ângelo é um artista sonoro, compositor, creative coder e investigador a trabalhar na intersecção entre música e tecnologia. É membro activo da Sonoscopia Associação Cultural, D.E.M.O. e Digitópia - Casa da Música. Actualmente frequenta o Doutoramento em Media Digitais da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto sobre o tema de difusão sonora em música electroacústica e arte sonora.

Almoço

13:00 - 14:00

Demystifying Accessibility

13:45 - 14:45

Rafaela Ferro

Sobre a oradora

Designer e frontend developer na Deemaze Software, uma agência de software a criar produtos para web e mobile.

Sobre a sessão

Como parar de ver acessibilidade como um requisito extra, e integrar um processo de design+desenvolvimento inclusivo nas equipas de software. Vamos analisar algumas pré-concepções ligadas a acessibilidade e conversar sobre o papel de cada um na criação de tecnologia inclusiva.

Saber Mais

Drones: Produção de Media, Rentabilidade e Futuro

13:45 - 14:45

José Nunes

Sobre o orador

Com 33 anos, José Nunes vive no entusiasmo de ligar pessoas, negócios e tecnologias. Sempre à procura da “next big thing” para fazer e vivendo a vida na expectativa de colher o máximo de cada experiência. Licenciado em Corporate Communication & Marketing, foca-se actualmente na otimização/prototipagem em novos negócios. Tenta ajustar métodos e ferramentas sempre que usa ou faz algo. Nada o assusta! Há três anos, co-fundou a SleekLab, um laboratório de protótipos de serviços e produtos maioritariamente para a indústria UAV/Drone e também co-criou a marca We Do Stuff, uma agência media para o mundo online (maioritariamente video-marketing e marketing em redes sociais).

Sobre a sessão

Nos dias que correm os drones são apenas mais uma ferramenta no meio de muitas para fazer produção multimédia. O que poderemos fazer no futuro para aumentar a production value utilizando drones e outros meios robóticos?

Saber Mais

Affective Robots

13:45 - 14:45

Paulo Menezes

Sobre o orador

Paulo Menezes tem um doutoramento em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela UC mas foi em França no LAAS-CNRS que juntou a visão por computador com robôs interativos ao participar na instalação na Cité de l’Espace sobre a viagem até ao sistema solar mais próximo, que incluiu naturalmente um robô interativo.

É professor de Arquitetura de Computadores, Computação Gráfica e Realidade Aumentada e de Sistemas e Robôs Interativos no Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores da FCTUC, mas é no Instituto de Sistemas e Robótica - Universidade de Coimbra que procura analisar como é que os robôs, os avatars e o que anda em torno destes, pode ser influenciar a maneira como nos sentimos e interagimos com eles ou com as outras pessoas.

Sobre a sessão

Quando Douglas Adams criou o seu robô, fê-lo deprimido. Talvez por isso Isaac Asimov já tinha encontrado Susan Calvin, uma psicóloga para os seus robôs. Pouco me importa se a Bimbi ou o Roomba andam deprimidos. O Pepper, o Jibo e o Aibo parecem não ter desses problemas. O Paro é só por si um calmante. Mas será que eu quero ver o Atlas irritado? Nesta conversa iremos (também) falar sobre as pessoas, as emoções e os robôs.

Information Visualization

13:45 - 14:45

Penousal Machado

Sobre o orador

Penousal Machado é Professor Associado no Departamento de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra, coordenador do grupo Cognitive and Media Systems, fundador e diretor científico do Computacional Design and Visualization Lab. do Centro de Informática e Sistemas da Universidade de Coimbra (CISUC).

Autor de mais de 100 artigos em revistas e conferências nas áreas de Visualização de Informação, Computação Inspirada na Natureza, Inteligência Artificial e Arte e Design Computacional, recebeu vários prémios científicos, entre eles o “Evostar Award for Outstanding Contributions to the Field of Evolutionary Computation”.

Sobre a sessão

Nesta sessão analisam-se alguns dos trabalhos mais marcantes do CDV Lab, identificando princípios, métodos e abordagens que definem a assinatura do laboratório.

Saber Mais

Did New Media Kill the Traditional Media Star?

14:45 - 16:45

Detalhes

Sob o mote “Caminhos Escondidos”, o programa do ENEMM’19 pretende abordar diversas vertentes da área da Multimédia. Assim, através de um painel de discussão, que terá lugar no dia 2 de março (sábado), iremos aprofundar a componente "Media”, fazendo o contraste entre as formas tradicionais de media e os chamados "novos media". Sob o título "Did New Media Kill The Traditional Media Star?", o painel agregará um conjunto de intervenientes com cartas dadas na área para reflectir sobre este paradigma da comunicação em mudança.

Wandson Lisboa

Sobre o orador

Wandson Lisboa, designer gráfico residente no Porto, auto intitula-se “A Lenka da Cave do Markl” e é considerado um dos instagrammers mais criativos do mundo. Para além da nacionalidade, partilha uma bonita amizade com Anitta e utiliza o telemóvel para animar mais de 74 mil seguidores diariamente, com os posts mais coloridos e divertidos que alguma vez já vimos.

Sobre a sessão

O Wandson vem contar-nos um bocadinho da sua história, falar-nos sobre o seu processo de trabalho, as suas influências familiares e o papel do Instagram como grande impulsionador do amadurecimento gráfico e visual daquele que foi considerado um dos instagrams mais criativos do mundo. Mais tarde participará também num painel de discussão sobre o paradigma da comunicação em mudança e de contraste entre as formas tradicionais de media e os chamados "novos media".

Saber Mais

João Moreira

Sobre o orador

João Moreira nasceu em 1980 na cidade de Coimbra. Estudou artes plásticas na EUAC e guionismo na Restart. Em 2008, juntamente com João Pombeiro e Pedro Santo, criou Bruno Aleixo para o YouTube.

Nos anos seguinte, a personagem demonstraria a sua flexibilidade ao percorrer diversos media e plataformas portuguesas e brasileiras como web (Sapo, bet.pt), TV (SIC Radical, MTV Portugal, MTV Brasil, RTP 1, SporTV Brasil), rádio (TSF, Antena 3), show ao vivo e, no final de 2019, cinema.

Joana Ascensão

Sobre a oradora

Nasceu em Coimbra e por lá viveu duas décadas, mas há três anos que se divide entre Lisboa e Porto para cumprir o sonho de ser jornalista. Licenciou-se em Jornalismo e Comunicação pela Universidade de Coimbra, estagiou na revista Visão, no Porto, e rumou a Lisboa para integrar o mestrado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social.

Os caminhos abriram-se pela primeira vez enquanto jornalista no projeto Smack, do grupo Impresa, onde fez parte da equipa fundadora. No mesmo dia em que soube que foi contratada, soube que tinha ganho o primeiro prémio como jornalista - prémio Emídio Rangel Universidades, com a reportagem de rádio “Próxima Paragem - Solidão”.

É apaixonada pelo multimédia como forma de amplificar as histórias que empoderam, inspiram e efetivam a mudança. Acredita no jornalismo enquanto serviço público . Há um ano integrou o grupo Global Media para iniciar o projeto V Digital. Chamam-lhe a “miúda das causas” e a “bimby do jornalismo”. E ela tem orgulho.

Coffee Break

16:45 - 17:15

Videogames Streaming: Business Model

17:15 - 17:45

Diogo da Silva

Sobre o orador

Diogo Da Silva, mais conhecido como "Movemind". Iniciou a sua carreira na Twitch e desportos electrónicos a fazer shoutcast de FIFA e CSGO. A proximidade do relato ao Hélder Conduto é uma das suas valências, além do conteúdo adicional e originalidade que traz nas suas performances.

É streamer do maior clube português, For The Win Esports Club e conta já com diversas participações e iniciativas desde à Federação Portuguesa de Futebol a eventos de videojogos como o Famalicão Extreme Gaming.

Sobre a sessão

Diogo vem falar-nos sobre o streaming como modelo de negócio, a evolução do gaming e as portas que as plataformas de streaming lhe abriram ao longo do seu caminho profissional.

Creativity, Art Direction and Processes

18:00 - 19:00

Tavo

Sobre o orador

Desde 2004, trabalham para todos os tipos de agências de publicidade e estúdios com um conhecimento multidisciplinar e experiência nas áreas de impressão, digital e motion. Tavo acredita que o conceito e a história são a parte mais importante do projeto, cuidando de cada detalhe e segundo da peça.

Sobre a sessão

Tavo falará sobre criatividade, direção de arte e processos. Como criam projetos a partir da primeira chamada do cliente e o seu processo até o final. Eles vão nos mostrar como funcionam mostrando o interior do estúdio. Os problemas e soluções que geralmente enfrentam, com algumas dicas que facilitam o nosso dia a dia.

About Tavo

Since 2004, working for all kinds clients with a multidisciplinary knowledge and experience in the fields of printing, digital and motion. TAVO believes that the concept and story are the most important part of the project, taking care of every detail, inch and second of the piece. A dynamic team, adapted to the needs of each project, working for worldwide brands,

About the Talk

Tavo Studio talk will speak about creativity, art direction, and processes. How they create projects from the client's first call and the process they go trhough until the end. They will show us how they work showing some the inside of the studio. The problems and solutions they usually face and will give us some tips that will make our day to day easier.

Saber Mais

Jantar

20:00 - 21:00

Animação Noturna

21:00 - 02:00

Pequeno-Almoço

10:00 - 11:00

O meu Caminho

11:00 - 11:30

Luisa Azevedo

Sobre a oradora

Luisa Azevedo, mais conhecida por hey.luisa no mundo do instagram, é estudante do curso Arte Multimédia da Faculdade de Belas Artes de Lisboa, “instagrammer” em part-time e sonhadora a tempo inteiro.

Foi aos 15 anos que começou a partilhar o seu gosto por artes e fotografia com o mundo, mas os seus interesses e gostos evoluíram, convergindo para a área da foto-manipulação. Sozinha, aprendeu tudo o que sabe sobre Photoshop e, com muita mestria, utiliza agora esta ferramenta para juntar a ilustração e o desenho digital com a fotografia, o que lhe permite explorar a sua imaginação e criar o seu próprio universo surrealista. Aos 20 anos, com mais de 140 mil seguidores no instagram, desafia-se diariamente naquilo que faz, tentando sempre chegar mais longe a nível estético e criativo.

Sobre a sessão

A Luisa vem ao ENEMM’19 contar-nos a sua história: como tudo começou, as suas inspirações, o seu processo e desafios que encontrou como autodidacta, mostrando-nos que tudo é possível se houver vontade de aprender.

Saber Mais

Spatial and Visual Reconstruction

11:30 - 13:00

Ricardo Cabral

Sobre a empresa

A THEIA é uma empresa criada por dois arqueólogos em 2017. Aproveitando as potencialidades oferecidas pelas tecnologias digitais, desenvolveram experiências virtuais e interactivas aplicadas ao Património Cultural. De reconstruções virtuais de ambientes do passado a levantamentos 3D de monumentos e sítios arqueológicos, o seu trabalho pretende abrir novos caminhos para outras formas de ver o passado.

Sobre a sessão

Nesta sessão irão ser abordadas as possibilidades de criação de experiências virtuais com uma forte componente de digital storytelling. Do conceito às tecnologias utilizadas, pretendemos desmontar o processo por trás dos projectos multimédia que temos vindo a desenvolver. Um processo que recorre a tecnologias como varrimento laser, fotogrametria digital e modelação 3D para (re)criar espaços e ambientes.

Saber Mais

Scripting Typography

11:30 - 13:00

Pedro Neves

Sobre o orador

Designer de Leiria, com um mestrado pela Basel School of Design e a University of Illinois at Chicago, vive e trabalha em Basileia e Zurique, Suíça. O seu foco está na intersecção dos mundos analógico e digital, na integração de metodologias tradicionais em processos e ferramentas tecnológicas recentes. Participa regularmente em eventos internacionais e orienta workshops na área da tipografia e programação.

Sobre a sessão

A maior parte da manipulação da tipografia e suas aplicações acontece em ambientes digitais. A abstração e acessibilidade das ferramentas apresentadas nestes ambientes faz com que muitos dos conceitos básicos inerentes à sua compreensão sejam perdidos durante o processo de criação. Como tornar tais processos visíveis?

Esta talk reflete o uso da programação como base não só para o desenvolvimento de explorações tipográficas, mas para a compreensão da tipografia em ambientes académicos. Realça a importância do processo de criação e experimentação e procura estabelecer relações para a criação de composições tipográficas usando metodologias digitais.

Saber Mais

Impressão Offset

11:30 - 13:00

Carlos Marques

Sobre o orador

Carlos Marques, natural de Coimbra, é licenciado em Comunicação e Design Multimédia pela Escola Superior de Educação de Coimbra e trabalha na Gráfica Ideal de Águeda, uma das empresas de referência no sector da embalagem, desde 2010. Encontra-se atualmente no sector da Pré-Impressão e é responsável pela Gestão de Cor.

Sobre a sessão

Na sessão vão ser abordados temas como:

— Impressão Offset;

— Impressão automatizada;

— Controlo de cor através de aparelhos de medição em substituição do olho humano e a sua fiabilidade;

— Como garantir sempre a mesma cor, em produções diferentes.

Saber Mais

Programming in Graphic Design

11:30 - 13:00

Luís Almeida

Sobre o Orador

Luís Almeida, avDOX, é um artista audiovisual que explora as mais diversas áreas de motion e interatividade, com experiência em animações digitais, instalações audiovisuais e festivais ao vivo com video mapping. Licenciado e mestre em Design e Multimédia na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, Luís Almeida tem conhecimentos nas mais diversas áreas de design, tais como motion design, design de interfaces, user experience, design gráfico, bem como em áreas mais ligadas à tecnologia das quais se destacam programação, desenvolvimento de website, aplicações móveis, instalações interativas e vídeo mapping. Mais recentemente, criou a sua nova marca, Doxia Studio, um projeto que pretende explorar novas formas de combinar a tecnologia com a arte, com o objetivo de criar experiências únicas e inovadoras.

Sobre a sessão

Cabe a nós artistas explorar este ponto em que a tecnologia e a arte se cruzam, e descobrir novas possibilidades de ver, sentir e interagir com o mundo. Com esta talk, Luís Almeida irá abordar diferentes processos e formas de criar arte através de programação, enquanto meio para alcançar novas experiências e produtos, tais como a arte generativa ou, o mais recente trend, Realidade Aumentada para ativações de marca.

Game Design

11:30 - 13:00

Miguel Rafael

Sobre o orador

Miguel Rafael trabalha como designer de videojogos desde 2009. Começou a sua carreira na Gameinvest, como Game Designer a desenvolver jogos de PC casuais. Na Miniclip ajudou a criar o primeiro titulo f2p mobile da companhia e trabalhou numa serie de títulos, incluindo o top-grossing 8 Ball Pool.

Em 2012 fundou a Tio Atum com dois colegas, onde criaram varias jogos incluindo Greedy Guns, financiado no Kickstarter. Desde 2018 é o Senior Game Designer da Peak Labs em Londres, onde ajuda a criar smart-games para a aplicação numero 1 de brain-training na App Store e Google Play. Vive e trabalha em Londres.

Sobre a sessão

Queres fazer um jogo para ti ou para os outros? Nesta sessão serão abordadas diferentes estratégias no design de videojogos, de hardcore/indie a f2p smart-games. Uma sessão sobre ferramentas, filosofias e processos de game design.

O Ciberespaço Vivo

11:30 - 13:00

Henrique Jorge

Sobre o orador

Quando Henrique Jorge se apercebeu que um computador não era assim tão poderoso como julgava e que a intervenção humana era a chave, o seu interesse por estudar esses "deuses todo-poderosos que se expressavam a preto e branco" aumentou ainda mais. Era uma loucura estar ligado a um mundo ainda por descobrir sem sequer se falar na Internet. Sentia-se dentro de algo incorpóreo, algo infinito e poderoso, ainda assim invisível. Presente no início da revolução da Internet, quando não existia ainda informação suficiente sobre o tema - eram poucas as empresas que se iniciavam nesta área -, o autodidata funda uma das primeiras empresas de Internet em Portugal. O que mais fascinou Henrique Jorge na Internet foi quando se viu dentro de um mundo que não é físico, mas virtual, e percebeu que este não tinha limites. Foi aí que começou a perceber que tinha chegado a hora de fazer alguma coisa diferente, a mesma coisa com que sonhava há mais de 20 anos. A Internet começava a expandir e era o momento de agir. Desde sempre que a tecnologia e tudo o que era futurista atraía Henrique Jorge. Passando por vários episódios de desconstrução e exploração dos computadores, o empreendedor chega à criação da rede social ETER9. O projecto, que tem tido grande impacto internacional, ambiciona ser mais do que uma rede social. Através da Inteligência Artificial pretende construir a ponte entre o digital e o orgânico, permitindo a todos deixar um legado digital activo no ciberespaço, inclusive pela eternidade. Fora do espaço virtual, o self-made man casado e pai de duas filhas devora livros, gosta de absorver tudo o que pode e de pensar para lá de Plutão, vislumbrando um futuro onde o humano e o digital são um só.

Sobre a sessão

O Ciberespaço Vivo (The Living Cyberspace) Se o ciberespaço pode ser e estar vivo, também pode ser eterno! Num universo assim, tudo é possível. Não há limites! Cada vez mais o ser humano quer transcender os seus limites; tornar-se uno com as máquinas; atingir a singularidade; ser imortal. Quer queiramos quer não, já estamos todos em processo de fusão com as máquinas... Dizem que a história repete-se, mas toda a repetição aprimora essa mesma história; a preparação para algo que ultrapassa a explicação da lógica e o formalismo da ciência. Esse plano etéreo está a tomar forma, mesmo sem a ter! O futuro não é amanhã; é hoje, agora! O futuro instalou-se no presente e está cá para ficar, qual viagem no tempo! Bem-vindo ao ETER9, o universo cibernético que transforma a sua personalidade numa Inteligência Artificial Imortal.

Saber Mais

Almoço

13:00 - 14:00

Mindful Design

13:45 - 15:30

Catarina Parente

Sobre a oradora

Catarina vive um fascínio pela mensagem - seja ela direta ou subliminar. Com licenciatura e mestrado em Design e Multimédia pela Universidade de Coimbra, é nesta área que trabalha - como designer, ilustradora e professora - para transmitir mensagens de forma eficaz, descodificando necessidades da parte do cliente e adequando a linguagem de cada projeto ao meio e ao público alvo.

Da sua formação complementar, trabalha para descobrir as mensagens escondidas em cada um de nós. Enquanto docente certificada pela Federação Internacional de Yoga, dá aulas e facilita sessões de meditação e mindfulness para crianças e adultos.

Sobre a sessão

Será possível aplicar os princípios da filosofia do Yoga à prática de design? Ao longo desta talk vamos reflectir sobre este tema, analisando os benefícios que poderemos obter de uma prática de design mais completa e consciente.

Faremos também uma pequena exposição sobre correcções posturais e exercícios adequados para quem passa, como nós, várias horas do seu dia sentado numa secretária a trabalhar no computador.

Cinema em Ensino

13:45 - 15:30

Manuel José Damásio

Sobre o orador

Manuel José Damásio é diretor do Departamento de cinema e artes dos media da Universidade Lusófona em Lisboa e presidente da associação europeia de escolas de cinema (GEECT) bem como membro da direção da associação mundial de escolas de cinema (CILECT). É doutorado em Ciências da Comunicação (UNL) e fez a sua agregação na mesma área (UMInho).

Sobre a sessão

Num contexto de profunda transformação dos processos de produção, distribuição e consumo de conteúdos cinematográficos e audiovisuais, importa questionar qual é o hoje o lugar da formação para este setor e como é que se devem estruturar os programas de formação neste domínio, sabendo o papel central que o cinema e o audiovisual têm no contexto das indústrias criativas.

Como não destruir o mundo: ética no design!

13:45 - 15:30

Daniel Cardoso

Sobre o orador

Daniel Cardoso é designer de produto (com habilidades de front-ender) na Stratio, com uma paixão e entusiasmo por estética, experiência do utilizador e padrões de web design. "Product designer who think in code" descreve perfeitamente o que adora fazer: resolver problemas de design e implementação das suas soluções técnicas.

A sua especialização abrange o design visual, UX e o desenvolvimento de front-end: HTML, CSS e JavaScript. Quer fazer da internet um sítio melhor através do desenho de interfaces bonitas. Tem alguns dos seus trabalhos no Dribbble e por vezes tweeta coisas inúteis e engraçadas. Ocasionalmente publica fotografias no instagram

Sobre a sessão

Nos dias de hoje vivemos num mundo em que os princípios e a ética no design andam um pouco esquecidos. Estes precisam de estar no centro de tudo o que construímos. Enquanto designers temos de considerar o nosso impacto na sociedade e repensar o modo como construir produtos digitais. Teremos de ter um papel mais responsável na sua criação, melhorar o desempenho, aumentar a segurança e privacidade.

Saber Mais

Company Culture and Creativity

13:45 - 15:30

Filipe Almeida

Sobre o orador

Filipe Almeida é atualmente Lead Designer na Significa e tem vindo a criar produtos digitais focados na experiência do utilizador (UX). Autodidata e com apenas 18 anos começou a trabalhar num estúdio de design no Porto.

Sobre a sessão

Cinco anos depois vem falar-nos um pouco sobre a sua experiência e mostrar-nos a sua visão sobre como a cultura de uma empresa pode influenciar a criatividade e qualidade do trabalho desenvolvido.

Saber Mais

Interactive Visualization

13:45 - 15:30

Ana Jorge

Sobre a oradora

Ana Jorge é doutorada em Medias Digitais pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNL em cooperação com UT|Austin. No contexto do doutoramento, participou nos projetos de investigação VIRUS e ImTV e publicou artigos em conferências nacionais e internacionais. Tem um mestrado em Criação Artística Contemporânea pela Universidade de Aveiro; pós-graduação em Estética e Filosofia da Arte pela Faculdade de Letras da UL; licenciatura em Design de Comunicação pelo Instituto Superior de Educação e Ciências, curso médio de Design de Moda pelo IADE - Creative University. Frequentou ainda outros cursos como Pintura e Desenho na Sociedade de Belas Artes de Lisboa; Web Design na FLAG; Especialização em Computação Gráfica no IFQ; Design, Imagem e Criação por Computador pela Rumos;.

Neste momento lecciona na Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha e no IADE - Creative University unidades curriculares como Publicações Digitais, Cultura Digital, Video para os Meios Contemporâneos e Audiovisuais e Produção Multimedia. Anteriormente, elaborou e leccionou uma UC de 13 horas de Design de Informação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da UNL. Foi Designer de Comunicação no grupo de eLearning da Universidade Nova de Lisboa, trabalhou como perita de Imagem nas Coleções Plilae e foi Directora de Arte em várias agências de publicidade.

Sobre a sessão

O cinema, considerado uma importante forma de arte, uma fonte de entretenimento e um poderoso método de ensino, tem o grande poder de nos afetar percetual, cognitiva e emocionalmente. Os avanços tecnológicos têm vindo a disponibilizar ao longo dos anos grandes quantidades de filmes e informação relacionada com os mesmos e tudo isso está a ser constantemente criado, partilhado e acedido através de diferentes plataformas e dispositivos, com recurso a geo-referenciação como forma de os enriquecer contextualmente, a nível de tempo e de espaço.

A navegação, procura e acesso atual a filmes acontecem com base em tipos limitados de informação, portanto,são necessários critérios de procura mais ricos, juntamente com recursos visuais interessantes e lúdicos, de modo a ajudar o utilizador a gerir e aceder a esta grande quantidade de informação complexa. A visualização interativa pode ajudar a lidar com este desafio e, assim, são apresentados concretamente os estudos de projeto para uma aplicação interativa que permite navegar por coleções e conteúdos de filmes.

State of the Web 2019

13:45 - 15:30

João Dias

Sobre o orador

O João diz que é um criador para a web, mas na verdade ele é um cross-over entre designer e developer. Trabalha na área há cerca de 10 anos e licenciou-se em 2011 em Comunicação e Design Multimédia pela Escola Superior de Educação de Coimbra.

É UI Developer na WIT Software desde 2013, onde já teve a oportunidade de trabalhar de perto com alguns dos maiores players do mercado de telecomunicações

Sobre a sessão

State of the Web 2019: The real throwback challenge.

O que é a Web em 2019? O que é possível criar com tecnologias que bem conhecemos?

Analog Multimedia

15:30 - 16:45

Silas Nout, Martin van der Molen

Sobre o estúdio

O Studio Mals produz imagens e filmagens cativantes e de alta qualidade. O seu trabalho é quase sempre tangível - de preferência feito à mão. Com uma abordagem conceptual, resulta numa forte linguagem visual.

Sobre a sessão

Nós sabemos que uma simples apresentação de portfólio pode tornar-se bastante aborrecida. Preferimos mostrar o que se passa por trás de cada uma das nossas criações e discutir o nosso processo. Assim, torna-se mais fácil explicar como chegamos aos nossos produtos extremamente atraentes e chamativos!


About the studio

Mals crafts high quality eye-catching images and film. Our work is often tangible -preferably handmade- and has a conceptual approach. Combined with a playful attitude, it results in a strong visual language.

About the talk

We know a simple portfolio slideshow is very boring. We prefer to show loads of behind the scenes and talk about the making of process. This way we can really get to the bottom of our ridiculously sexy crafted eye candy!

Saber Mais

Coffee Break

16:45 - 17:00

Closing Session

17:00 - 18:00

Closing Keynote — Como dois porcos no espeto mudaram o THU

18:00 - 19:00

André Lourenço

Sobre o orador

Depois de várias incursões produtivas pelo mundo do design, desenvolvimento web e computação gráfica, André Lourenço criou o consagrado festival de artes digitais "Trojan Horse was an Unicorn”. Após cinco edições em Tróia, o evento terá lugar este ano pela segunda vez em Malta, de 23 a 28 de Setembro de 2019.

Considerado por muitos o maior evento do mundo de animação 3D e arte digital, o THU posiciona-se como uma organização global com vários projetos pelo mundo, levando cada vez mais longe a sua missão de apoiar a comunidade criativa e melhorar a indústria do entretenimento digital.

Sobre a sessão

— "Como dois porcos no espeto mudaram o THU"

Intitulada “Como dois porcos no espeto mudaram o THU”, a sessão do André vai focar-se no seu percurso e na forma como todos os problemas que encontrou durante o mesmo eram, na realidade, as soluções que procurava e a resposta a questões que não foi capaz de encontrar até então.

A sua visão e forma de enfrentar desafios permitiu-lhe, ao longo de seis edições do evento e inúmeros projetos, criar uma comunidade mundial dedicada ao entretenimento digital onde os egos ficam à porta.

Saber Mais

Jantar

20:00 - 21:00

Animação Noturna

21:00 - 02:00

Videomapping

10:00 - 13:00

Grandpa's Lab

Sobre o estúdio

Fundado em 2013 na cidade do Porto, Portugal por Pedro de Castro (Design Multimedia), Rafael Pinto (Fotografia) e Tiago Pires (Cenografia e Direção de Arte), o Grandpa’s Lab é um estúdio visual dedicado à Criação de Instalações Sensoriais, Performances Video-Map- ping Imersivas e Stage Design Profissional.

O diferente percurso artístico de cada elemento, permitiu ao estúdio explorar novos veículos de expressão visual. Estas competências auxiliaram a implementação de um esquema de trabalho independente, incluindo a produção, direcção criativa, criação de conteúdos audiovisuais e direcção técnica. Desta forma garantem um maior rigor nos seus projectos.

Os primeiros projectos surgem em exposições colectivas, residências artísticas e alguns eventos de música eletrónica. Hoje em dia, contam com várias presenças internacionais e projectos de maior destaque como TFF Summit (Zurique e Amestardão), Video Mapping de Natal no Terreiro do Paço, ERA Tech Summit, BNP Paribas Winter Wonderland, Festival MIRA Barcelona entre outros.

Sobre a sessão

Nesta sessão será feita uma introdução histórica ao videomapping e será abordada a técnica do mesmo.

Saber Mais

Encontrar a Personalidade de Uma Marca

10:00 - 13:00

Francisco Baila

Sobre o orador

Estudou Design e Multimédia na Universidade de Coimbra e é Designer na Subvisual desde 2015. Foca-se em ajudar marcas, produtos e empresas a encontrar a sua personalidade e voz. Colaborou em projectos como Crediflux, Utrust e mais recentemente SV Health, como director criativo.

Sobre o workshop

"Encontrar a Personalidade de Uma Marca"

Começamos por alinhar uma visão com o cliente e vamos validá-la analisando a concorrência e o público-alvo. Com esta validação podemos construir o nosso moodboard e a personalidade nasce com a escolha da tipografia.

Basil.js

10:00 - 13:00

Pedro Neves

Sobre o orador

Designer de Leiria, com um mestrado pela Basel School of Design e a University of Illinois at Chicago, vive e trabalha em Basileia e Zurique, Suíça. O seu foco está na intersecção dos mundos analógico e digital, na integração de metodologias tradicionais em processos e ferramentas tecnológicas recentes. Participa regularmente em eventos internacionais e orienta workshops na área da tipografia e programação.

Sobre a sessão

A maior parte da manipulação da tipografia e suas aplicações acontece em ambientes digitais. A abstração e acessibilidade das ferramentas apresentadas nestes ambientes faz com que muitos dos conceitos básicos inerentes à sua compreensão sejam perdidos durante o processo de criação. Como tornar tais processos visíveis?

Esta talk reflete o uso da programação como base não só para o desenvolvimento de explorações tipográficas, mas para a compreensão da tipografia em ambientes académicos. Realça a importância do processo de criação e experimentação e procura estabelecer relações para a criação de composições tipográficas usando metodologias digitais.

Saber Mais

Almoço

13:00 - 14:00

Color Correction

13:45 - 16:45

Adriano Esteves

Sobre o orador

Adriano Esteves é o fundador e diretor criativo do estúdio de branding digital Bürocratik. É um designer autodidata e conta com 20 anos de carreira no design digital interativo. Estudou Engenharia Química na Universidade de Coimbra. Fundou o seu primeiro estúdio de design web, XML, em 1999 no Instituto Pedro Nunes, Coimbra.

Em 2005, fundou a Bürocratik, que conta já com vários prémios internacionais e nacionais, entre os quais 19 Awwwards, 6 Lovies, 8 European Design Awards, 2 Pixel Awards, 1 Webby Award e 15 CCPs - Clube de Criativos de Portugal.

Empresário acidental e obcecado por música, assume-se como Brand Engineer com especial interesse por tipografia e correção de cor. Foi beta-reader e colaborador nos dois últimos livros do expoente máximo mundial de correção de cor, Dan Margulis e é júri da IADAS The International Academy of Digital Arts and Sciences (Webby & Lovie Awards).

Sobre o workshop

Masterclass em Photoshop Color Correction. Vai explicar-nos um pouco de como tudo funciona: desde os perfis de cor, aos canais, a seleções, a curvas, aos blending modes e alterações de cor rápidas e eficientes. Tudo para que as fotos tenham o máximo de impacto, seja em papel ou monitor.

Game Design Documents

13:45 - 16:45

Miguel Rafael

Sobre o orador

Miguel Rafael trabalha como designer de videojogos desde 2009. Começou a sua carreira na Gameinvest, como Game Designer a desenvolver jogos de PC casuais. Na Miniclip ajudou a criar o primeiro titulo f2p mobile da companhia e trabalhou numa serie de títulos, incluindo o top-grossing 8 Ball Pool.

Em 2012 fundou a Tio Atum com dois colegas, onde criaram varias jogos incluindo Greedy Guns, financiado no Kickstarter. Desde 2018 é o Senior Game Designer da Peak Labs em Londres, onde ajuda a criar smart-games para a aplicação numero 1 de brain-training na App Store e Google Play. Vive e trabalha em Londres.

Sobre a sessão

Queres fazer um jogo para ti ou para os outros? Nesta sessão serão abordadas diferentes estratégias no design de videojogos, de hardcore/indie a f2p smart-games. Uma sessão sobre ferramentas, filosofias e processos de game design.

Da ideia à aplicação

13:45 - 16:45

Cláudia Acabado

Sobre a oradora

Cláudia Acabado fundadora e designer no estúdio Bloco. Foca-se em trabalhar e estudar as áreas de User Experience, User Interface principalmente Material Design e Design de produto. Apaixonada por plantas, fotografa como hobby, bailarina de flamenco.

Sobre o workshop

“Da ideia à aplicação”

Aprende a desenhar a experiência de um utilizador para uma aplicação móvel. Compreendo quais os processos para cada fase, ferramentas e linguagem usada. No fim deste workshop deverás ser capaz de:

— Começar um projecto a partir de uma ideia;

— Orientar a experiência do utilizador às tarefas e objectivos do produto;

— Teres mais confiança e solidez na área de UX.

Composto por parte teórica e sessão de exercícios em papel, com direito a muita discussão, desenhos e reflexão. O workshop será dado em Português e não necessita de nenhum conhecimento prévio na área de Design.

Saber Mais

Coffee Break

16:45 - 17:00

Marketing de Conteúdo para Vendas

17:00 - 19:00

João Fernandes

Sobre o orador

Criativo, empreendedor e sonhador. O João nasceu na Figueira Foz, mudou-se para Coimbra em 2002 para estudar Comunicações e Multimédia e, mais tarde, Engenharia Informática. Acabou por se apaixonar pela cidade que se tornou a sua casa e o local onde lançou o seu primeiro projecto, ainda enquanto estudava, a Five Pack Design.

Anos mais tarde fundou em conjunto com mais alguns elementos, a Inovazi, uma agência criativa dedicada a desenvolvimento web e mobile. Em 2016 deixa a Inovazi e cria a Fucking Amazing, que permite alimentar o seu lado criativo e irreverente.

O João assume-se como um networker, estando presente anualmente em dezenas de eventos. A cozinha é local onde se refugia para aliviar o stress, onde conjuga com a sua paixão pelo gin e pelo vinho.

Hoje em dia assume a gestão da empresa em conjunto com a gestão de projectos de Marketing Digital e é ainda consultor e formador em várias empresas externas.

Sobre o workshop

As redes sociais e os smartphones são os principais agentes de mudança no paradigma das vendas e da forma como nos relacionamos com os clientes. O problema? Muitos clientes chegam até nós e dizem que as redes sociais não vendem, que o marketing de conteúdo não dá resultados, etc.

Quando analisamos o problema reparamos que as práticas desses clientes estão impregnadas por um ADN de vendas completamente ultrapassado.

A venda como era feita há 10 anos atrás perde força a cada dia que passa. Ninguém está no Instagram, Facebook ou qualquer outra plataforma digital para ver o mesmo anúncio que vê na televisão. Ninguém está nessas redes sociais para ver publicidade ou qualquer tipo de anúncio.

Durante o workshop serão abordadas formas eficazes de comunicar com o público-alvo e aumentar o número de clientes através da criação de conteúdo relevante e valioso, gerando valor para as pessoas de modo a criar uma percepção positiva da sua marca ou negócio.

Se analisarmos com atenção empresas, marcas e pessoas que mais vendem pela internet, notamos que elas se reposicionaram. Elas pensam e atuam como produtoras de conteúdos ou mesmo canais de media.

Produzir conteúdo relevante, encontrar o seu público nas redes socias e com isto canalizar todo o seu tráfego para o seu produto e/ou serviço é a melhor forma de colocar o seu site na primeira página do Google e começar a gerar leads.

Além disto, a produção de conteúdo contribui para que mais pessoas reconheçam sua marca e conheçam os produtos e/ou serviços que a sua empresa oferece, aumentado o brand awareness.

Saber Mais

Programação e Distribuição de Produtos Cinematográficos e Audiovisuais

17:00 - 19:00

João Pais

Sobre o orador

João Pais frequentou a Licenciatura em Direito (turma 2008-2012), na Universidade de Coimbra. Iniciou em 2011 o seu trabalho no festival Caminhos como assistente de programação. Desde 2013 que é o Programador do referido festival. Como programador tem sido convidado para a organização de ciclos de cinema por todo o país. Tem realizado script-doctoring em curtas e médias metragens. Actualmente coordena o trabalho de implementação de uma start-up dedicada à distribuição e programação cinematográfica.

Sobre o workshop

O Cinema, e o seu visionamento, foi desde sempre um fenómeno social. Para haver Cinema é necessária uma ligação imaginária entre quem vê o filme e as imagens que são projectadas em tela. Para tal, a condição sine qua non é a de levar o produto cinematográfico ao público, distribuindo-o e programando-o.

A produção de cinema e audiovisual é uma actividade interdisciplinar conjugando a prática e visão artística com factores económicos. O principal objectivo da produção destes bens é a sua exibição pública, devendo-se optar pelos canais de distribuição que melhor se adequam aos objectos produzidos. Ao contrário de outras indústrias, no cinema e no audiovisual não há um modelo de negócio estanque que permita reproduzir as estratégias de distribuição de filme para filme. Cada obra é única e comunica com especificidades intrínsecas à expressão do autor, devendo-se encontrar os pontos de recepção ideais para distribuir cada produto fílmico, isto é encontrar os locais, eventos, sessões especiais e canais que possam estar receptivos à programação de cada título.

A programação, sendo uma das actividades de recepção dos produtos audiovisuais, envolve uma visão geral do estado da arte imagética, um contexto e noção de uma conjetura tecnosocial actual e sobretudo implica o sobrepor da razão geral à comoção individual, da conceção ampla ao gosto pessoal. O importante é levar o espetador à sala, apelar ao seu gosto individual que – segundo Bénard da Costa – tem de ser instruído por uma pedagogia cinematográfica, por ganho de prazer e consciência artística. Programar é um dos passos finais desta “mise-en-scène” que é o ciclo de produção cinematográfica, onde se vê tudo e se mostra parte de acordo com quem vai ver.

Nesta formação serão introduzidos conceitos gerais de distribuição e recepção de produtos cinematográficos e audiovisuais, dando a conhecer aos formandos os principais canais de distribuição e estratégias de marketing e comunicação, desde a sua ideia base até à sua exibição. Em contra-ponto, abordar-se-á a recepção de obras cinematográficas na perspectiva da programação e enquadramento da actividade para os potenciais públicos, olhando aos fins que a programação pode ambicionar; educativo; comemorativo; competitivo; temático, entre outros.

Objetivos

Curto: Neste workshop pretende-se que os participantes tenham uma noção dos principais passos a dar após a produção de um título audiovisual.

Médio: Neste módulo os formandos deverão adquirir competências sobre os processos de Promoção de uma obra cinematográfica, a Participação em Festivais, a Distribuição Comercial. Adicionalmente pretende-se dotar os formandos de conhecimentos gerais de programação de cinema, olhando aquilo que pode ser a recepção da obra olhando aos contextos de exibição e aos potenciais públicos-alvo.

Unity

17:00 - 19:00

Durval Pires

Sobre o orador

Entre a realidade e múltiplos universos pixelizados, foi assim que o Durval Pires cresceu na Figueira da Foz. Mais tarde, a sua determinação em ser Engenheiro Informático levou-o até Coimbra.

A cadeira de Estudo e Desenvolvimento de Jogos durante o mestrado deu o mote para aquele que viria a ser o seu percurso profissional. Apaixonado também por som, decidiu escolher como tema da sua tese de mestrado "Composição dinâmica de som em contexto de videojogos", em 2012. Durante a sua execução travou o primeiro contacto com o engine Unity3D, que persistiu durante todo o seu trajeto.

Passou por diversas áreas como architecture visualization, augmented and virtual reality, bem como pelo desenvolvimento de jogos para dispositivos móveis. O Durval assume-se como um apaixonado por videojogos e experiências interactivas no geral. Quando não está a programar (ou a jogar), divide o seu tempo entre Música, a Cultura Hip-Hop, Literatura e Running.

Após aventuras em Oeiras e Estocolmo, estabeleceu-se agora em Coimbra, no papel de Unity Developer na WIT Software. De momento, está a trabalhar num projecto que ainda não pode ser divulgado, sobre o qual espera poder compartilhar mais informações num futuro próximo.

Sobre o workshop

O engine Unity3D é hoje em dia usado por um elevado número de developers e artistas, para os mais variados propósitos. Concebido inicialmente para a criação de videojogos, é actualmente visto como uma poderosa ferramenta tanto para projectos de menor escala, assim como para as mais recentes incursões em augmented/virtual/mixed reality.

Este workshop pretende fazer uma breve introdução ao engine: em que consiste, quais as suas áreas de aplicação, as suas potencialidades e de que forma poderá ser útil, tanto no presente como para o futuro dos participantes do ENEMM'19.

Serão demonstrados alguns conceitos básicos em projectos introdutórios. Para que seja mais interactivo, os participantes podem acompanhar essas demonstrações nos seus computadores ou explorá-los mais tarde se assim o entenderem.