Oradores

Silas Nout, Martin van der Molen Studio Mals
Pedro Pombo Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro
Henrique Jorge ETER9
Rafaela Ferro Deemaze Software
Tavo Tavo Studio
Pedro Neves
Wandson Lisboa
Ana Jorge ESAD.Cr / IADE
José Nunes Sleeklab
Luisa Azevedo hey.luisa
Luís Almeida Doxia Studio
Filipe Almeida Significa
Por anunciar
Por anunciar
Por anunciar

Silas Nout, Martin van der Molen

Sobre o estúdio

O Studio Mals produz imagens e filmagens cativantes e de alta qualidade. O seu trabalho é quase sempre tangível - de preferência feito à mão. Com uma abordagem conceptual, resulta numa forte linguagem visual.

Sobre a sessão

Nós sabemos que uma simples apresentação de portfólio pode tornar-se bastante aborrecida. Preferimos mostrar o que se passa por trás de cada uma das nossas criações e discutir o nosso processo. Assim, torna-se mais fácil explicar como chegamos aos nossos produtos extremamente atraentes e chamativos!


About the studio

Mals crafts high quality eye-catching images and film. Our work is often tangible -preferably handmade- and has a conceptual approach. Combined with a playful attitude, it results in a strong visual language.

About the talk

We know a simple portfolio slideshow is very boring. We prefer to show loads of behind the scenes and talk about the making of process. This way we can really get to the bottom of our ridiculously sexy crafted eye candy!

Saber Mais

Pedro Pombo

Sobre o orador

Pedro Pombo é Director da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro, docente no Departamento de Física da Universidade de Aveiro e especialista em Holografia, Comunicação de Ciência e Ensino da Física. Desenvolve investigação em técnicas holográficas, holografia educacional, compreensão pública da ciência, STEAM na educação em ciência e ensino experimental da física. Desenvolve exposições, centros de ciência, espaços Maker, materiais educativos, cursos de formação. Foi coordenador de 3 projetos europeus, 9 exposições, 29 projetos nacionais e é autor de 1 capítulo de livro, 3 manuais escolares, mais de 50 publicações em revistas nacionais e internacionais e recebeu 9 prémios europeus.

Henrique Jorge

Sobre o orador

Quando Henrique Jorge se apercebeu que um computador não era assim tão poderoso como julgava e que a intervenção humana era a chave, o seu interesse por estudar esses "deuses todo-poderosos que se expressavam a preto e branco" aumentou ainda mais. Era uma loucura estar ligado a um mundo ainda por descobrir sem sequer se falar na Internet. Sentia-se dentro de algo incorpóreo, algo infinito e poderoso, ainda assim invisível. Presente no início da revolução da Internet, quando não existia ainda informação suficiente sobre o tema - eram poucas as empresas que se iniciavam nesta área -, o autodidata funda uma das primeiras empresas de Internet em Portugal. O que mais fascinou Henrique Jorge na Internet foi quando se viu dentro de um mundo que não é físico, mas virtual, e percebeu que este não tinha limites. Foi aí que começou a perceber que tinha chegado a hora de fazer alguma coisa diferente, a mesma coisa com que sonhava há mais de 20 anos. A Internet começava a expandir e era o momento de agir. Desde sempre que a tecnologia e tudo o que era futurista atraía Henrique Jorge. Passando por vários episódios de desconstrução e exploração dos computadores, o empreendedor chega à criação da rede social ETER9. O projecto, que tem tido grande impacto internacional, ambiciona ser mais do que uma rede social. Através da Inteligência Artificial pretende construir a ponte entre o digital e o orgânico, permitindo a todos deixar um legado digital activo no ciberespaço, inclusive pela eternidade. Fora do espaço virtual, o self-made man casado e pai de duas filhas devora livros, gosta de absorver tudo o que pode e de pensar para lá de Plutão, vislumbrando um futuro onde o humano e o digital são um só.

Sobre a sessão

O Ciberespaço Vivo (The Living Cyberspace) Se o ciberespaço pode ser e estar vivo, também pode ser eterno! Num universo assim, tudo é possível. Não há limites! Cada vez mais o ser humano quer transcender os seus limites; tornar-se uno com as máquinas; atingir a singularidade; ser imortal. Quer queiramos quer não, já estamos todos em processo de fusão com as máquinas... Dizem que a história repete-se, mas toda a repetição aprimora essa mesma história; a preparação para algo que ultrapassa a explicação da lógica e o formalismo da ciência. Esse plano etéreo está a tomar forma, mesmo sem a ter! O futuro não é amanhã; é hoje, agora! O futuro instalou-se no presente e está cá para ficar, qual viagem no tempo! Bem-vindo ao ETER9, o universo cibernético que transforma a sua personalidade numa Inteligência Artificial Imortal.

Saber Mais

Rafaela Ferro

Sobre a oradora

Designer e frontend developer na Deemaze Software, uma agência de software a criar produtos para web e mobile.

Sobre a sessão

Como parar de ver acessibilidade como um requisito extra, e integrar um processo de design+desenvolvimento inclusivo nas equipas de software. Vamos analisar algumas pré-concepções ligadas a acessibilidade e conversar sobre o papel de cada um na criação de tecnologia inclusiva.

Saber Mais

Tavo

Sobre o orador

Desde 2004, trabalham para todos os tipos de agências de publicidade e estúdios com um conhecimento multidisciplinar e experiência nas áreas de impressão, digital e motion. Tavo acredita que o conceito e a história são a parte mais importante do projeto, cuidando de cada detalhe e segundo da peça.

Sobre a sessão

Tavo falará sobre criatividade, direção de arte e processos. Como criam projetos a partir da primeira chamada do cliente e o seu processo até o final. Eles vão nos mostrar como funcionam mostrando o interior do estúdio. Os problemas e soluções que geralmente enfrentam, com algumas dicas que facilitam o nosso dia a dia.

About Tavo

Since 2004, working for all kinds clients with a multidisciplinary knowledge and experience in the fields of printing, digital and motion. TAVO believes that the concept and story are the most important part of the project, taking care of every detail, inch and second of the piece. A dynamic team, adapted to the needs of each project, working for worldwide brands,

About the Talk

Tavo Studio talk will speak about creativity, art direction, and processes. How they create projects from the client's first call and the process they go trhough until the end. They will show us how they work showing some the inside of the studio. The problems and solutions they usually face and will give us some tips that will make our day to day easier.

Saber Mais

Pedro Neves

Sobre o orador

Designer de Leiria, com um mestrado pela Basel School of Design e a University of Illinois at Chicago, vive e trabalha em Basileia e Zurique, Suíça. O seu foco está na intersecção dos mundos analógico e digital, na integração de metodologias tradicionais em processos e ferramentas tecnológicas recentes. Participa regularmente em eventos internacionais e orienta workshops na área da tipografia e programação.

Sobre a sessão

A maior parte da manipulação da tipografia e suas aplicações acontece em ambientes digitais. A abstração e acessibilidade das ferramentas apresentadas nestes ambientes faz com que muitos dos conceitos básicos inerentes à sua compreensão sejam perdidos durante o processo de criação. Como tornar tais processos visíveis?

Esta talk reflete o uso da programação como base não só para o desenvolvimento de explorações tipográficas, mas para a compreensão da tipografia em ambientes académicos. Realça a importância do processo de criação e experimentação e procura estabelecer relações para a criação de composições tipográficas usando metodologias digitais.

Saber Mais

Wandson Lisboa

Sobre o orador

Wandson Lisboa, designer gráfico residente no Porto, auto intitula-se “A Lenka da Cave do Markl” e é considerado um dos instagrammers mais criativos do mundo. Para além da nacionalidade, partilha uma bonita amizade com Anitta e utiliza o telemóvel para animar mais de 74 mil seguidores diariamente, com os posts mais coloridos e divertidos que alguma vez já vimos.

Sobre a sessão

O Wandson vem contar-nos um bocadinho da sua história, falar-nos sobre o seu processo de trabalho, as suas influências familiares e o papel do Instagram como grande impulsionador do amadurecimento gráfico e visual daquele que foi considerado um dos instagrams mais criativos do mundo. Mais tarde participará também num painel de discussão sobre o paradigma da comunicação em mudança e de contraste entre as formas tradicionais de media e os chamados "novos media".

Saber Mais

Ana Jorge

Sobre a oradora

Ana Jorge é doutorada em Medias Digitais pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNL em cooperação com UT|Austin. No contexto do doutoramento, participou nos projetos de investigação VIRUS e ImTV e publicou artigos em conferências nacionais e internacionais. Tem um mestrado em Criação Artística Contemporânea pela Universidade de Aveiro; pós-graduação em Estética e Filosofia da Arte pela Faculdade de Letras da UL; licenciatura em Design de Comunicação pelo Instituto Superior de Educação e Ciências, curso médio de Design de Moda pelo IADE - Creative University. Frequentou ainda outros cursos como Pintura e Desenho na Sociedade de Belas Artes de Lisboa; Web Design na FLAG; Especialização em Computação Gráfica no IFQ; Design, Imagem e Criação por Computador pela Rumos;.

Neste momento lecciona na Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha e no IADE - Creative University unidades curriculares como Publicações Digitais, Cultura Digital, Video para os Meios Contemporâneos e Audiovisuais e Produção Multimedia. Anteriormente, elaborou e leccionou uma UC de 13 horas de Design de Informação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da UNL. Foi Designer de Comunicação no grupo de eLearning da Universidade Nova de Lisboa, trabalhou como perita de Imagem nas Coleções Plilae e foi Directora de Arte em várias agências de publicidade.

Sobre a sessão

O cinema, considerado uma importante forma de arte, uma fonte de entretenimento e um poderoso método de ensino, tem o grande poder de nos afetar percetual, cognitiva e emocionalmente. Os avanços tecnológicos têm vindo a disponibilizar ao longo dos anos grandes quantidades de filmes e informação relacionada com os mesmos e tudo isso está a ser constantemente criado, partilhado e acedido através de diferentes plataformas e dispositivos, com recurso a geo-referenciação como forma de os enriquecer contextualmente, a nível de tempo e de espaço.

A navegação, procura e acesso atual a filmes acontecem com base em tipos limitados de informação, portanto,são necessários critérios de procura mais ricos, juntamente com recursos visuais interessantes e lúdicos, de modo a ajudar o utilizador a gerir e aceder a esta grande quantidade de informação complexa. A visualização interativa pode ajudar a lidar com este desafio e, assim, são apresentados concretamente os estudos de projeto para uma aplicação interativa que permite navegar por coleções e conteúdos de filmes.

José Nunes

Sobre o orador

Com 33 anos, José Nunes vive no entusiasmo de ligar pessoas, negócios e tecnologias. Sempre à procura da “next big thing” para fazer e vivendo a vida na expectativa de colher o máximo de cada experiência. Licenciado em Corporate Communication & Marketing, foca-se actualmente na otimização/prototipagem em novos negócios. Tenta ajustar métodos e ferramentas sempre que usa ou faz algo. Nada o assusta! Há três anos, co-fundou a SleekLab, um laboratório de protótipos de serviços e produtos maioritariamente para a indústria UAV/Drone e também co-criou a marca We Do Stuff, uma agência media para o mundo online (maioritariamente video-marketing e marketing em redes sociais).

Sobre a sessão

Nos dias que correm os drones são apenas mais uma ferramenta no meio de muitas para fazer produção multimédia. O que poderemos fazer no futuro para aumentar a production value utilizando drones e outros meios robóticos?

Saber Mais

Luisa Azevedo

Sobre a oradora

Luisa Azevedo, mais conhecida por hey.luisa no mundo do instagram, é estudante do curso Arte Multimédia da Faculdade de Belas Artes de Lisboa, “instagrammer” em part-time e sonhadora a tempo inteiro.

Foi aos 15 anos que começou a partilhar o seu gosto por artes e fotografia com o mundo, mas os seus interesses e gostos evoluíram, convergindo para a área da foto-manipulação. Sozinha, aprendeu tudo o que sabe sobre Photoshop e, com muita mestria, utiliza agora esta ferramenta para juntar a ilustração e o desenho digital com a fotografia, o que lhe permite explorar a sua imaginação e criar o seu próprio universo surrealista. Aos 20 anos, com mais de 140 mil seguidores no instagram, desafia-se diariamente naquilo que faz, tentando sempre chegar mais longe a nível estético e criativo.

Sobre a sessão

A Luisa vem ao ENEMM’19 contar-nos a sua história: como tudo começou, as suas inspirações, o seu processo e desafios que encontrou como autodidacta, mostrando-nos que tudo é possível se houver vontade de aprender.

Saber Mais

Luís Almeida

Sobre o Orador

Luís Almeida, avDOX, é um artista audiovisual que explora as mais diversas áreas de motion e interatividade, com experiência em animações digitais, instalações audiovisuais e festivais ao vivo com video mapping. Licenciado e mestre em Design e Multimédia na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, Luís Almeida tem conhecimentos nas mais diversas áreas de design, tais como motion design, design de interfaces, user experience, design gráfico, bem como em áreas mais ligadas à tecnologia das quais se destacam programação, desenvolvimento de website, aplicações móveis, instalações interativas e vídeo mapping. Mais recentemente, criou a sua nova marca, Doxia Studio, um projeto que pretende explorar novas formas de combinar a tecnologia com a arte, com o objetivo de criar experiências únicas e inovadoras.

Sobre a sessão

Cabe a nós artistas explorar este ponto em que a tecnologia e a arte se cruzam, e descobrir novas possibilidades de ver, sentir e interagir com o mundo. Com esta talk, Luís Almeida irá abordar diferentes processos e formas de criar arte através de programação, enquanto meio para alcançar novas experiências e produtos, tais como a arte generativa ou, o mais recente trend, Realidade Aumentada para ativações de marca.

Filipe Almeida

Sobre o orador

Filipe Almeida é atualmente Lead Designer na Significa e tem vindo a criar produtos digitais focados na experiência do utilizador (UX). Autodidata e com apenas 18 anos começou a trabalhar num estúdio de design no Porto.

Sobre a sessão

Cinco anos depois vem falar-nos um pouco sobre a sua experiência e mostrar-nos a sua visão sobre como a cultura de uma empresa pode influenciar a criatividade e qualidade do trabalho desenvolvido.

Saber Mais